Chiang Sing

Glycia Modesta de Arroxellas Galvão se ocultou durante anos sob o pseudônimo de Chiang Sing, com o qual ficou conhecida na imprensa brasileira. Escritora nascida no Rio de Janeiro, em 1924, filha de célebres jornalistas e bisneta do barão de Rio Apa, estudou no Colégio Sacre Coeur de Marie e recebeu austera orientação de uma preceptora alemã, com quem aprendeu vários idomas. Desfrutou, portanto, de uma primorosa educação que lhe possibilitou acesso ao mundo das artes e da literatura. Após a morte dos pais, saiu do Brasil, percorrendo durante trinta anos países como China, Senegal, Tibete, Índia, Japão, Egito e parte da Europa. De volta ao Rio de Janeiro, começou a publicar suas fantásticas experiências no Oriente, além de vários romances como Nefertiti, um dos mais importantes livros de sua vitoriosa carreira literária, para o qual destinou sete anos de intensivas e minuciosas pesquisas. Falecida em 2002, aos 78 anos, Chiang Sing deixa como herdeiros a cunhada, Dayse Soares de Arroxellas Galvão, e os sobrinhos, Nádia, Cláudia e Gláucio Carlos, que autorizaram a reedição desta bela obra histórica.

Clique aqui para ver os livros de Chiang Sing





Livros em destaque


Comprar - R$40,00

Era uma vez um espírita

Paz e Amor, Bicho!