Cartas Ódico-magnéticas

Título: Cartas Ódico-magnéticas
Autor: Barão de Reichenbach
Coautor: Sem coautor
Formato: 14x21cm
Páginas: 140
Categoria:
Capa: 4 cores (Laminação fosca)
Acabamento: Cola PUR
ISBN: 9788576184485
Edição:
Lançamento: Julho de 2018
Preço: R$ 30,00


Quero comprar este livro.

Sinopse: Esta obra de 1852, inédita em português, interessa diretamente aos estudiosos do magnetismo, do espiritualismo em geral e, especificamente, da Doutrina Espírita. Conforme consta na introdução, Reichenbach foi um físico distinto, em relação aos cientistas renomados da Alemanha, da Inglaterra e da França. Foi necessária a intuição, o saber, a fortuna, a paciência, a liberdade de ação e o espírito desprendido do autor para chegar a fazer uma análise aprofundada das forças fluídicas, procedendo pelo método indutivo, com a colaboração de inúmeros sensitivos. O nome “od”, escolhido por ele, significa uma emanação do fluido universal que penetra e jorra rapidamente em tudo, em toda a natureza, com uma força incessante. Graças às Cartas Ódicas, todo leitor encontrará a maneira de verificar esta bela descoberta, ao mesmo tempo em que alargará seus conhecimentos.

“As Cartas Ódico-Magnéticas de Sr. de Reichebach ultrapassam em demonstrações todos os tratados de magnetismo surgidos até nossos dias, porque as proposições desse autor são estendidas até fazer ver o fluido magnético, por seres que não estão absolutamente magnetizados, e ensinam as orientações convenientes à emissão do que denomina ‘od’. Sr. Reichenbach fala e age como químico; suas demonstrações repousam sobre fatos físicos que lhe custaram dez anos de estudos, e que foram controladas por milhares de experiências idênticas, assegura ele.”
Alphonse Cahagnet, Enciclopédia Magnético-Espiritualista, 1855.

“Curiosas experiências sobre o fluido ódico, descoberto pelo autor, e que parecem dever lançar uma nova luz sobre a questão dos fluidos, se elas se confirmam. Pelos conhecimentos que possuem, os espíritas estão particularmente em posição de controlar esta teoria.”
Allan Kardec, Catálogo Racional, seção Magnetismo, 1869.


Conheça mais sobre esta obra clicando aqui.

Compartilhe:

  

Você também poderá gostar de:

         


Era uma vez um espírita

Paz e Amor, Bicho!