Egito Eterno

egito_eterno_02
Título: Egito Eterno
Autor: Maria Teodora Ribeiro Guimarães
Coautor: Sem coautor
Formato: 14x21cm
Páginas: 384 páginas
Categoria:
Capa: 4 cores (Laminação fosca)
Acabamento: Cola PUR
ISBN: 978-85-7618-352-5
Edição:
Lançamento: Outubro de 2015
Preço: R$ 60,00


Quero comprar este livro.

Sinopse: Houve um tempo na Terra em que os homens acreditavam estar sendo governados por deuses – na verdade, seres oriundos de outros orbes que para cá vieram em socorro a nossas incipientes humanidades. O prodígio de suas obras era tão surpreendente, que realmente pensava-se estar diante de criaturas de origem divina. Não existe mesmo outra civilização ancestral tão admirada, estudada e retratada quanto a egípcia, com suas formidáveis obras arquitetônicas, seu elevado conhecimento tecnológico, o dom da sabedoria e uma extraordinária beleza.
Esta nova obra, escrita a partir de uma viagem psíquica no tempo, de onde se pode coletar percepções do exato momento em que os fatos aconteceram, conta os fantásticos eventos ocorridos na região do atual Egito, iniciados 36.000 anos antes da Era Cristã, quando missionários das estrelas conduziram para o vale do Nilo levas de indivíduos que fugiam dos grandes cataclismos ocorridos na antiga Atlântida, os quais mudaram radicalmente a geografia do planeta. Essa história aconteceu entre o fim das dinastias divinas e a primeira dinastia humana, em 3200 a.C., da qual oficialmente muito pouco se sabe, num período em que o império egípicio alcançou um desenvolvimento extraordinário, com os conceitos da não-localidade quântica sendo utilizados para a construção das pirâmides.
E como se explicaria isto? Egito Eterno – o legado dos deuses nos traz uma visão revolucionária sobre o que realmente ocorreu no vale do Nilo, onde a engenharia da consciência, movida pelo poder da vontade, em que não se faz necessária a presença física de seu autor, tampouco de ferramentas materiais, realizou obras que desafiam a arquitetura moderna. E a narrativa vai mais além: revela a luta de amorosos sacerdotes, ainda iluminados pelos seres estelares, contra a ignorância e preguiça do povo em promover a reforma de suas almas, ao alimentar a magia negra que começava a se instalar; contra o interminável panteão de deuses por ela inventado, em detrimento de um deus único, contribuindo para a derrocada da mais esplendorosa civilização ancestral da qual se tem notícias.
Egito Eterno faz emergir daqueles desertos longínquos lembranças que a maioria dos homens ainda não consegue compreender.


Conheça mais sobre esta obra clicando aqui.

Compartilhe:

  

Você também poderá gostar de:

  viajantes_02  ay-mhores_02  tempo_g  Filhosdasestrelas_g 


Era uma vez um espírita

Paz e Amor, Bicho!