Em Busca da Verdade dos Mitos

em_busca_02
Título: Em Busca da Verdade dos Mitos
Autor: Wanderley Carlos Martins
Coautor: Sem coautor
Formato: 14x21cm
Páginas: 240
Categoria:
Capa: 4 cores (Laminação fosca)
Acabamento: Cola PUR
ISBN: 978-85-7618-148-4
Edição:
Lançamento: Fevereiro de 2009
Preço: R$ 45,00


Quero comprar este livro.

Sinopse: Os mitos, longe de fantasias aleatórias, são mensagens ocultas de sabedoria, compostas na linguagem especial dos símbolos. Desde os primórdios da humanidade, seus instrutores deixaram as grandes e eternas verdades concernentes ao ser humano criptografadas em mitos assimiláveis pela consciência primitiva dos povos.
Aos iniciados no conhecimento eterno era possível traduzi-los; o mesmo se tornou acessível aos estudiosos avançados de todas as épocas, que puderam assimilar as verdades perenes, ocultas por trás da vestidura dos símbolos. É a tarefa a que se propõe o autor desta obra Em Busca da Verdade dos Mitos. Inspirado na extensa pesquisa dos que já se dedicaram com seriedade a decodificar as narrativas mitológicas, aponta as lições que elas nos trazem sobre a natureza humana, o caminho evolutivo, os destinos do homem e a atuação de suas paixões e sentimentos, corporificados nos arquétipos mitológicos e atuando ao vivo em histórias cheias de graça e emoção, que têm fascinado povos e gerações.
Iniciando com a mitologia grega – o mais completo sistema de análise e simbologia da natureza humana que a Antiguidade nos legou –, o autor percorre diversos mitos de variados povos, do Egito à Índia, da China à Pérsia, passando pelos incas, o mito tupi do dilúvio, e os mitos escandinavos de conteúdo iniciático, ligados à lenda do Santo Graal. Trazendo as chaves necessárias à sua tradução, a obra insere os mitos na sua real natureza de lições eternas da sabedoria oculta, páginas iniciáticas que basta saber traduzir.


Conheça mais sobre esta obra clicando aqui.

Compartilhe:

  

Você também poderá gostar de:

  os_soberanos1_02  osnaodesejados_g  Filhosdasestrelas_g  os_chacras_02 


Era uma vez um espírita

Paz e Amor, Bicho!