A Reencarnação de Allan Kardec – Uma hipótese

Título: A Reencarnação de Allan Kardec - Uma hipótese
Autor: André Santos
Coautor: Sem coautor
Formato: 14x21cm
Páginas: 140
Categoria:
Capa: 4 cores (Laminação fosca)
Acabamento: Cola PUR
ISBN: 9788576184133
Edição:
Lançamento: Setembro de 2017
Preço: R$ 35,00


Quero comprar este livro.

Sinopse: “Escrever sobre a vida de Eurípedes seria quase o mesmo que fazer a biografia de Jesus”
Chico Xavier

Allan Kardec reencarnou?
Inquestionável, pois foi avisado por três vezes pelos Espíritos de que deveria retornar; “depois de poucos anos entre nós”, disseram-lhe, e para “continuar a sua obra”.
É certo que só poderia ser no Brasil, único lugar onde conseguiria, conforme os Espíritos, ter “a satisfação de ver em plena frutificação a semente que espalhara”.
Mas a que vulto do espiritismo brasileiro se poderia ajustar todos os elementos que correspondem ao perfil espiritual, psicológico e mental de Kardec – uma vez que os espíritos não negam jamais suas características peculiares, seu “tom” particular e sua marca pessoal de ser e agir, inclusive preferências, tendências e habilidades?
A presente obra propõe a tese, de extrema razoabilidade, de que Eurípedes Barsanulfo, o “apóstolo da caridade” e primeiro grande expoente do espiritismo no Brasil, foi a reencarnação do Mestre de Lyon.
Enfeixa cuidadosa pesquisa da biografia do grande educador mineiro, apontando correspondências impressionantes entre as duas personalidades. Indica elementos que parecem inquestionáveis, com realce para o fato de que os três primeiros Espíritos que assinam o Livro dos Espíritos – João Evangelista, Santo Agostinho e São Vicente de Paulo, responsáveis mais diretos pela Codificação, vieram a ser, respectivamente, o primeiro espírito a se comunicar com Eurípedes, um assíduo colaborador dele junto com o dr. Bezerra de Menezes, e o seu próprio guia espiritual!
Os espíritas brasileiros, na maioria, desconhecem a biografia desse luminoso vulto do espiritismo, e só por isso é possível que ainda não se tenha feito consenso de que só uma pessoa se encaixaria no perfil de Allan Kardec: Eurípedes Barsanulfo.
A análise sensata e imparcial, desapaixonada e de espírito aberto, conforme preconizava o grande Codificador, encontrará na presente obra elementos esclarecedores para tecer seu próprio julgamento a respeito dessa questão que parece estar na hora de ser esclarecida. A busca perene das verdades nos é lícita e de permanente dever; quando uma delas se entreabre com clareza inquestionável diante dos homens, é porque era chegado o momento aprazado para sua revelação!


Conheça mais sobre esta obra clicando aqui.

Compartilhe:

  

Você também poderá gostar de:

         


Era uma vez um espírita

Paz e Amor, Bicho!