Deserto de Fogo

deserto_de_fogo_02
Título: Deserto de Fogo
Autor: Deocleciano
Coautor: Denise di Faccione
Formato: 14x21cm
Páginas: 496
Categoria:
Capa: 4 cores (Laminação fosca)
Acabamento: Cola PUR
ISBN: 978-85-7618-342-6
Edição:
Lançamento: Julho da 2015
Preço: R$ 65,00


Quero comprar este livro.

Sinopse: Esta obra se situa numa época pouco visitada pelos textos mediúnicos que enfocam o antigo Egito: o tempo das últimas dinastias, quando as invasões persas e macedônias estavam prestes a substituir a milenar linhagem dos faraós sobre o trono das Duas Terras.
Em Tebas, sede do reino do Alto Egito, vamos encontrar o faraó Akenptah no centro de uma corte de marcantes figuras, entre as quais Tutsah, cujo sangue real o instigará a ambicionar o trono e planejar a morte do soberano. A ânsia de poder de Pentak, alto sacerdote palaciano, os une nesse objetivo nefasto. Uma trama aventurosa envolve a existência de Tutsah, cuja alma sombria é, entretanto, objeto do fiel amor de Kalitna.
Terra onde a magia florescia a cada passo, tanto entre o sacerdócio como nas faculdades de videntes, curandeiros e médiuns de variados tipos, o Egito desta narrativa nos entreabre suas práticas, desvendando suas crenças e os rituais e faculdades de diversas personagens afeitas ao contato com o Além.
Em paralelo à corte de Tebas, se insere na trama um núcleo de personagens que emigram da Grécia para o Baixo Egito e nos permitem acompanhar o histórico dessas relações pouco exploradas dos gregos com a terra dos faraós. Das previsões do Oráculo de Delfos aos poderes mágicos de um servo egípcio, todos são envolvidos pelo mundo invisível, inclusive a romântica relação entre um rapaz dessa colônia grega e a jovem Isismanet, que ele salva das águas do Nilo.
O cotidiano, as crenças e as aventuras reais de um grupo de almas recriam assim o cenário fascinante do Egito antigo, quando se encaminhava para seu ocaso.


Conheça mais sobre esta obra clicando aqui.

Compartilhe:

  

Você também poderá gostar de:

  povos_primitivos_02  a-vida  Buscando_saida_g  atlantida_v2_1ed_02 


Era uma vez um espírita

Paz e Amor, Bicho!