Das Macumbas à Umbanda

Título: Das Macumbas à Umbanda
Autor: José Henrique Motta de Oliveira
Coautor: Sem coautor
Formato: 14x21cm
Páginas: 160
Categoria:
Capa: 4 cores (Laminação fosca)
Acabamento: Cola PUR
ISBN: 978-85-7618-146-X
Edição:
Lançamento: Julho de 2008
Preço: R$ 45,00


Quero comprar este livro.

Sinopse: Que relação pode haver entre Allan Kardec, São Jorge, Zé Pelintra, Getúlio Vargas, Zélio de Moraes e Jesus de Nazaré? Em Das Macumbas à Umbanda, José Henrique Motta de Oliveira, mestre em História Comparada pela Ufrj, refaz o caminho percorrido por antigos cultos cariocas, a fim de analisar o processo de legitimação da umbanda no seio da sociedade brasileira, à época do Estado Novo, período político ditatorial em que o cidadão comum busca a paz na religião.
Entre a “macumba”, culto que saltou das senzalas para os porões da casa grande, apresentando heranças do catolicismo popular e tradições afro-indígenas, e o kardecismo, com seu caráter normatizador e científico, a umbanda encontrou na sua institucionalização como religião o passaporte para o “mundo da ordem”, imposto pela ditadura Vargas. “O mundo do trabalho e da garantia dos direitos sociais se opõe ao ‘mundo da desordem e da malandragem’, representados por Zé Pelintra; Ogum (ou São Jorge) se afasta do caráter agrário das tradições africanas e torna-se, no Brasil, o guerreiro vencedor de demandas que conduz a umbanda aos planos mais elevados das religiões de maior prestígio social da época”, afirma o pesquisador.
Ao analisar a inserção de elementos da classe média urbana na “macumba” carioca, que mediaram códigos sociais, políticos e religiosos, a fim de transformar magia em religião, curandeiros em sacerdotes, assistencialismo em caridade, e prestigio político em respeitabilidade religiosa, o autor faz uma ampla abordagem do amálgama cultural que caracterizou esse período histórico em que a nação brasileira aceita a sua própria mestiçagem. Das Macumbas à Umbanda é, portanto, obra esclarecedora que enriquece a literatura espiritualista e comemora os 100 anos de existência institucional da umbanda.


Conheça mais sobre esta obra clicando aqui.


Causos de Umbanda – Vol. 2 – Outras histórias

Título: Causos de Umbanda - Vol. 2 - Outras histórias
Autor: Vovó Benta
Coautor: Leni W. Saviscki
Formato: 14x21cm
Páginas: 184
Categoria:
Capa: 4 cores (Laminação fosca)
Acabamento: Cola PUR
ISBN: 978-85-7618-123-1
Edição:
Lançamento: Junho de 2007
Preço: R$ 45,00


Quero comprar este livro.

Sinopse: Depois do sucesso de Causos de Umbanda, primeiro volume, Vovó Benta abre nova janela para trazer a seus leitores a sabedoria milenar dos pretos velhos, a serviço da caridade pura que é o objetivo maior da umbanda.
Desfila nas páginas desta obra uma verdadeira amostragem dos sofrimentos e anseios da humanidade, sintetizados em quadros vívidos ambientados nos terreiros. São espelhos onde cada um poderá ver refletidas as indagações silenciosas de seu espírito, as dúvidas e inquietações da existência, que encontrarão resposta nos amorosos conselhos da sabedoria dos terreiros.
Mensageiros das mais altas hierarquias do mundo invisível, alguns deles disfarçados de humildes pretos velhos, descem ao plano terrestre para consolar, curar e desfazer magias, colocando as criaturas de volta no caminho da evolução. A sabedoria que transparece em suas intervenções deixa entrever os grandes magos e sublimes iniciados do amor que muitos deles são.
A face da verdadeira umbanda – mágica, mística, singela – reflete-se nesta obra, pronta a cativar novamente o espírito do leitor, como o dos milhares de entusiastas da primeira série de causos.


Conheça mais sobre esta obra clicando aqui.


Causos de Umbanda – Vol. 1 – A psicologia dos pretos velhos

Título: Causos de Umbanda - Vol. 1 - A psicologia dos pretos velhos
Autor: Vovó Benta
Coautor: Leni W. Saviscki
Formato: 14x21cm
Páginas: 184
Categoria:
Capa: 4 cores (Laminação fosca)
Acabamento: Cola PUR
ISBN: 85-7618-103-7
Edição:
Lançamento: Julho de 2006
Preço: R$ 45,00


Quero comprar este livro.

Sinopse: Objetivando desmistificar preconceitos referentes à umbanda, como também mostrar a simplicidade de que ela se reveste, vez ou outra a Espiritualidade desce ao plano terreno.
Desta vez, travestido de preta velha, e designando-se Vovó Benta, mais um trabalhador da luz nos relata, em seus escritos, casos corriqueiros de atendimentos realizados nos terreiros de umbanda deste Brasil a fora, traduzindo o alento que essas almas abnegadas nos trazem com sábios conselhos ou mandingas, sempre auxiliando na evolução dos filhos da Terra.
Ao mesmo tempo em que mostra a característica de diferentes locais onde se pratica a umbanda na sua diversidade, o espírito Vovó Benta retrata, nesta obra, que os seres humanos, independentemente de classe social, credo ou sexo, sofrem as mesmas dificuldades, e que o remédio reside no íntimo de cada um.
Nestes escritos, Vovó Benta procura mostrar que a psicologia dos pretos velhos está em ensinar a pescar, nunca em dar o peixe pronto. Sem soluções mágicas ou receitas prontas, eles procuram, por intermédio de seus sábios aconselhamentos, instigar a reforma íntima, condição primordial para a evolução de todos os seres pensantes do planeta.
Casos simples, contados de maneira simples, mas que alcançam o coração das pessoas. Essa é a maneira como costuma se manifestar Vovó Benta, que se denomina “mandingueira”, mas que, na verdade, traz a sabedoria de que se revestem os sábios magos brancos pertencentes às correntes fraternas das bandas de Aruanda.


Conheça mais sobre esta obra clicando aqui.


Antônio Eliezer Leal de Souza

Título: Antônio Eliezer Leal de Souza
Autor: Diamantino Fernandes Trindade
Coautor: Sem coautor
Formato: 14x21cm
Páginas: 136
Categoria:
Capa: 4 cores (Laminação fosca)
Acabamento: Cola PUR
ISBN: 978-85-7618-179-8
Edição:
Lançamento: Junho de 2009
Preço: R$ 40,00


Quero comprar este livro.

Sinopse: Pouco se sabia até agora sobre a vida e a obra de Leal de Souza, brilhante escritor que teve papel de destaque no parnasianismo do início do século XX. Jornalista e crítico literário, lançou em 1925 o primeiro livro sobre umbanda, intitulado No Mundo dos Espíritos, em que relata um inquérito realizado nos centros espíritas e terreiros do Rio de Janeiro, durante um ano, bem como detalhes sobre sua ligação com Zélio de Moraes e a Tenda Nossa Senhora da Piedade. Sua segunda obra, O Espiritismo, a Magia e as Sete Linhas de Umbanda, é no entanto a primeira a detalhar aspectos fundamentais da umbanda, a exemplo das sete linhas brancas e os orixás, numa época em que era uma heresia falar sobre o assunto, pois tudo a respeito era considerado “macumba”. A iniciativa valeu-lhe então o mérito de “precursor de um ensaio de codificação” da umbanda.
Leal de Souza fazia parte do círculo literário de Olavo Bilac, Alcides Maya, Humberto de Campos, e outros baluartes da literatura brasileira. Como espírita, entrou para a história das religiões como o primeiro escritor umbandista. Nesta obra, que dá prosseguimento ao resgate histórico das memórias da umbanda, o professor e pesquisador Diamantino Fernandes Trindade desvela a dedicação de Leal de Souza à espiritualidade, especialmente como praticante admirável e defensor ardente desta religião, chamada no início do século de Espiritismo de Terreiro, bem como sua brilhante carreira como poeta e jornalista. Mesmo após o desencarne, em 1948, Leal de Souza continua atuando na sustentação da umbanda. Nestas memórias, o leitor poderá conhecer poemas publicados pelo escritor em livros e revistas, quando em vida, e ter acesso ao belíssimo poema Morte e Encarnação, ditado por ele a Chico Xavier, após o desencarne.


Conheça mais sobre esta obra clicando aqui.


Nos Portais de Aruanda

Título: Nos Portais de Aruanda
Autor: Marcelo Gutierrez
Coautor: Sem coautor
Formato: 14x21cm
Páginas: 416
Categoria:
Capa: 4 cores (Laminação fosca)
Acabamento: Costurado e Colado
ISBN: 85-7618-101-0
Edição:
Lançamento: Maio de 2006
Preço: R$ 50,00


Quero comprar este livro.

Sinopse: Mais uma obra é trazida do Alto pelo sábio e iluminado irmão Luiz Romero.
Em Nos Portais de Aruanda reencontramos os espíritos Sara e Paulo, de O Perdão, em nova oportunidade de aprendizado, tentando reparar erros cometidos em existência anterior. Agora como Carlinhos, irmão adotivo de Sara, Paulo se vê envolvido pela influência maléfica de espíritos vingativos que o atiçarão a um caminho sórdido: a posse carnal da própria irmã. Momentos de muita dor, tensão, incompreensão, possessividade e vingança marcarão a vida da família Albuquerque, emocionando os leitores desta obra que ainda traz, sob novo prisma, a visão real da Umbanda em nossas vidas, com seus tantos militantes espirituais, com toda a sua magística, abnegação, sabedoria, caridade e, principalmente, o ensinamento de que somente o amor verdadeiro, livre de estigmas, rótulos, preconceitos, é capaz de nos conduzir ao caminho da paz.


Conheça mais sobre esta obra clicando aqui.


O Espiritismo, a Magia e as Sete Linhas de Umbanda

Título: O Espiritismo, a Magia e as Sete Linhas de Umbanda
Autor: Leal de Souza
Coautor: Sem coautor
Formato: 14x21cm
Páginas: 144
Categoria:
Capa: 4 cores (Laminação fosca)
Acabamento: Cola PUR
ISBN: 978-85-7618-166-8
Edição:
Lançamento: já foi editado
Preço: R$ 45,00


Quero comprar este livro.

Sinopse: A umbanda está completando 100 anos. Manter viva a memória de suas origens é uma contribuição indispensável para a identidade dessa grande religião brasileira. A obra O Espiritismo, a Magia e as Sete Linhas de Umbanda é uma das primeiras a detalhar aspectos fundamentais dessa religião que nasceu no início do século XX, sob a direção espiritual do Caboclo das Sete Encruzilhadas. E não há retrato mais fiel de uma época do que o depoimento colhido diretamente de cronistas que atuaram na imprensa diária. Isto é o que nos oferecem as páginas desta interessante obra, que retrata os tempos heróicos em que a umbanda, mesmo tendo conquistado os corações do povo por sua atuação na caridade e pela força de suas curas “miraculosas”, ainda constituía, volta e meia, um caso de polícia, tal a censura que se impunha aos cultos afro-brasileiros.
Nesse contexto conflituoso, Leal de Souza, conceituado jornalista e escritor de diversas obras, é então convidado pelo jornal Diário de Notícias, do Rio de Janeiro, a escrever uma coluna diária em que analisa para os leitore, e também para as autoridades da época, diversos ângulos da atuação do espiritismo e da umbanda nascente. Com a familiaridade de quem participava de uma das tendas umbandistas criadas pelo próprio Caboclo das Sete Encruzilhadas, Leal de Souza apresenta a cada crônica um tema relevante: médiuns curadores; materializações; sessões de copo, prancheta e mesa: a cura da obsessão; a feitiçaria e a macumba; as sete linhas de umbanda; o despacho; guias e protetores; Caboclo das Sete Encruzilhadas e suas Tendas; o kardecismo e a linha branca de umbanda, entre vários outros, tendo assim registrado uma primorosa contribuição histórica que é novamente disponibilizada ao leitor.
O Espiritismo, a Magia e as Sete Linhas de Umbanda é por isso uma obra essencial para aqueles que desejam compreender a trajetória do movimento umbandista no Brasil.


Conheça mais sobre esta obra clicando aqui.





Era uma vez um espírita

Paz e Amor, Bicho!